LUIZ DE BELEM

Luz de Belem

Segunda capital do país em que a Conasa Infraestrutura assume o compromisso de modernização, manutenção e operação do parque de iluminação pública, Belém se prepara para a inovação tecnológica das “smart cities”.

O contrato de concessão tem prazo previsto de 13 anos e investimentos de R$ 80 milhões com previsão de início da operação no segundo semestre de 2022. O Consórcio Luz de Belém tem o compromisso de substituir mais de 90 mil pontos pela tecnologia LED e de expandir o parque para 101 mil pontos.

A capital de 1,5 milhão de habitantes (IBGE/2020) receberá projetos de iluminação especial em cerca de 40 pontos turísticos, além do aporte de novas tecnologias de telegestão.

Visitar site